Uau, o amor deles é eterno…








Uau, o amor deles é eterno…
Brincam, cantam, lavam-se, riem-se, resmungam, partilham, namoram, dormem, dançam, comem, lêem, comunicam, compreendem-se, no fundo amam-se e respeitam-se!
Foram feitos um para o outro! 
Não escrevo este excerto para expor a minha família. Sim, só nós os quatro… somos poucos, mas este quarteto é o meu oxigénio.
A minha mãe * e o meu pai são pessoas fora do normal! Não seguem as novas tendências dos divórcios, não são apologistas de falar em dinheiro às refeições, não entram em guerras um com o outro para ver quem dá o melhor presente de anos ao filho! São pais à antiga?! No meu ver, para além de pais, são um casal. Protegem os filhos em primeiro lugar, demonstram a sua paixão, impõem a sua decisão, criam regras…
*(a mummy gosta que fale primeiro dela e só depois do papi)

Adorava puder emprestar os meus pais a crianças que não têm a mesma sorte de ter ambos os progenitores em casa. Só por uma noite, só por um jantar, só por um passeio, só por uma meia hora, eu só gostava de os valorizar com o devido valor e tal coisa é muito complicada pois tenho-os sempre por perto, às vezes esqueço-me que tudo é efémero… Eles ao fim de 20 anos não se esqueceram dos votos do casamento, são um exemplo para mim, para a minha irmã e para todos aqueles que acreditam que o amor, a confiança e o respeito são a harmonia de um lar. (escrito em 2013)- Texto da Adriana.









Quinta Wimmer, Belas

Que me perdoem as muitas famílias fantásticas que tenho conhecido por este caminho que me é tão querido, mas esta foi uma das minhas preferidas, uma felicidade tão serena, muitos risos, muito amor. E este sitio, tão mas tão bonito.
SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

Obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Didi's nest. All rights reserved.